Notícias em destaque

Em Siriri, SINTRASE discute pautas da base municipal com equipe do governo

0

Dirigentes do SINTRASE tiveram nesta terça 14, a primeira reunião com o prefeito de Siriri, Zé Rosa. O sindicato, que está representando a base municipal desde o último mês de dezembro, apresentou ao prefeito e seus auxiliares as demandas da categoria, após coleta de informações e dados obtidos nas visitas que estão sendo realizadas desde o ano passado com os servidores municipais. A reunião contou com a presença do presidente do SINTRASE, Diego Araujo, das diretoras, Elma Andrade e Marleide Vieira (subsede de Dores), e dos secretários municipais de gabinete, Luis Alberto Santos “Betinho”, e da Saúde, Daiane Santos. O encontro aconteceu na sede da prefeitura.

Os pontos de pauta apresentados foram a implantação dos benefícios do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) para os servidores municipais, já que o salário base do Plano está dendo pago desde janeiro deste ano. “Solicitamos ao prefeito a formação de uma comissão para iniciar o estudo do impacto dos pagamentos dos benefícios (adicionais e gratificações previstos nos Plano) e titulações. O pagamento do PCCV e seus benefícios é uma das formas de se garantir direitos aos servidores mesmo com as mudanças comuns das equipes da prefeitura há cada quatro anos”, explicou Diego. “Também queremos discutir o pagamento do valor retroativo desses benefícios”, disse. “Nos foi informado que o município está enquadrado no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o que pode facilitar o cumprimento dessa pauta”, avaliou o presidente.

O pagamento do adicional de insalubridade para auxiliares de serviços gerais e merendeiras de escolas também foi um ponto de discussão entre os presentes. Diego lembrou que o SINTRASE realizou o estudo pericial em várias escolas por todo o estado, durante 2016, que atestou o grau de insalubridade e condições de trabalho dos servidores. “Acreditamos que o adicional precisa ser implantado no município porque servidores que exercem essas funções, quer sejam em escolas estaduais ou municipais, estão expostos a danos à saúde, como contaminação e queimaduras”, afirmou. “Entramos com esta solicitação também para os servidores de Nossa Senhora das Dores”, completou a diretora Marleide. O incentivo financeiro (14° salário) dos agentes de saúde/endemias de Siriri também foi solicitado diretamente à secretária municipal de saúde, com a entrega de um documento que contém o modelo do projeto (como já ocorre em Nossa Senhora das Dores) em mãos. “A promessa é de que existe sim a possibilidade de repasse do valor deste adicional”, declarou Marleide. A insalubridade para os motoristas de ambulância do município também foi reivindicado pelo sindicato.

Ainda sobre condições de trabalho, os dirigentes sindicais discutiram sobre o fornecimento dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s) para os servidores de variadas categorias. O prefeito explicou que o material já é oferecido aos servidores, como agentes de saúde/endemias, mas que muitos recusam a sua utilização. “Se a prefeitura fornece, o servidor é obrigado a usar. O sindicato vai acompanhar este processo de fornecimento e cobrar a utilização pelo servidor, orientando o cumprimento dessa ordem”, garantiu Marleide.

Ao longo da reunião, os dirigentes dialogaram também sobre queixas coletadas nas visitas dos garis e profissionais da limpeza da cidade quanto o não pagamento de horas extras e regime de folgas de trabalho. A prefeitura explicou ao sindicato sobre a concessão na redução da carga horária de vários servidores e escala formada para alternância de dias de trabalho. “Solicitamos uma reunião com o secretário da pasta, para que as informações sejam passadas com detalhes para que possamos chegar a um acordo”, finalizou Diego.

A base de Siriri conta agora com a subsede do SINTRASE em Nossa Senhora das Dores, inaugurada na última segunda, 13, que fica mais próxima do servidor municipal. O atendimento acontece de segunda a sexta, das 8h às 12h e 14h às 16h, na Avenida Lourival Batista, nº 356 (Dores). Telefone: 99890-4894, falar com Renata ou Marleide.

siriri 14 4 siriri 14 maro 1 siriri 14 maro 2

SINTRASE inaugura subsede em Nossa Senhora das Dores

Previous article

VITÓRIA! SINTRASE CONSEGUE NA JUSTIÇA GARANTIR NOMEAÇÃO DE CONCURSADO DE DORES

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.