Notícias em destaque

SINTRASE solicita ao MPE audiência de conciliação com prefeitura de Dores

0

Para discutir sobre as medidas acerca das condições de trabalho dos servidores de Nossa Senhora das Dores, o presidente do SINTRASE, Diego Araújo, e a diretora do sindicato, Marleide Vieira, estiveram na manhã desta terça, 14, em reunião no Fórum Desembargador Humberto Diniz Sobral, no município.

Recebidos pelo promotor de justiça da comarca de Dores, Dr. Renato Vieira Dantas, os dirigentes apresentaram ao representante do Ministério Público Estadual (MPE) um ofício com as principais demandas da categoria – revogação de leis, pagamento dos adicionais e do salário mínimo atualizado – entre outras reivindicações. A convocação dos nomeados no último concurso municipal também foi questionada pelo sindicato.

“Apresentamos com detalhes cada pauta da categoria para o promotor, além de contracheques que comprovam os descontos indevidos. O MPE vai apurar as demandas e agendar uma audiência de conciliação com a prefeitura; solicitação esta que partiu do sindicato diante destas situações desagradáveis causadas pela nova gestão”, declarou Diego. O presidente explicou que a tratativa de forma conciliatória perante o MPE deve agilizar na solução das reivindicações.

A audiência entre SINTRASE e MPE deve ocorrer após o dia 7 de março, data em que o prefeito, Dr. Thiago, se comprometeu publicamente a negociar com o sindicato.

Outras denúncias

Na reunião, o promotor também esclareceu que já oficiou a prefeitura de Dores sobre a denúncia do SINTRASE que formalizava a situação crítica das ambulâncias do município (carros com estruturas deterioradas). O ofício com a denúncia foi protocolado pelo sindicato no último dia 26, que solicitava providências ao Ministério Público sobre a situação dos veículos.

 

Reunião entre SINTRASE e prefeitura de Dores acontece no dia 7 de março

Previous article

Sintrase pressiona prefeitura de Pinhão a pagar salários atrasados

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.