Últimas Notícias

Sintrase acompanha assembleia dos delegados da Adepol SE

0

Representantes do SINTRASE marcaram presença na assembleia realizada pelos delegados da Polícia Civil na manhã desta sexta, 7. Na pauta de reivindicações, estavam a prorrogação da Operação Parcelamento dos salários da categoria e a recusa de recebimentos de novos presos nas delegacias, entre outras solicitações.

Segundo  o presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil de Sergipe (Adepol-SE), Paulo Márcio Ramos, os delegados decidiram pela continuidade da Operação. “A categoria optou pela prorrogação da Operação Parcelamento, diante do atraso do pagamento dos salários dos delegados. A Operação estava prevista anteriormente para ser suspensa ainda nos próximos dias”, declarou. De acordo com informações da instituição, a Operação Parcelamento “consiste na redução das atividades de polícia judiciária à lavratura de autos de prisão em flagrante delito, autos de apreensão de adolescente infrator e expedição de guias de exames periciais”.

O Governo declarou, no final do mês passado, que os salários de parte dos servidores do estado seriam pagos em parcelas e em dias alternados, causando descontentamento de diversas categorias, entre elas, as dos delegados da Polícia Civil.

 

Reuniões com o governo

Horas antes do início da assembleia desta quinta, representantes da Adepol e da Polícia Civil se reuniram com o vice governador, Belivaldo Chagas, para discutir sobre as principais reivindicações dos delegados. “Ele (Belivaldo) explicou que este parcelamento não é fruto de nenhuma decisão política ou tipo de retaliação aos delegados, agentes e escrivãos. Eles (do Governo) devem emitir uma nota para esclarecer as questões e verificar se há possibilidade de ter recursos disponíveis para depositar os salários”, explicou. O sindicalista também afirmou que a categoria decidiu que as visitas às delegacias seguem suspensas. “Haverá somente exceção em um evento da ONU que será realizado na próxima semana;  uma vistoria às prisões em que os delegados permitirão o acesso”, ressaltou o presidente.

Sobre a situação das delegacias, o sindicalista declarou que o Governo se comprometeu em  esvaziar todas as delegacias de polícia, com a efetivação das transferências de presos para o Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), localizado no município de São Cristóvão.

 

SINTRASE e Adepol estão entre as 14 instituições participantes do Movimento Intersindical de Sergipe, que, em lutas unificadas, brigam por melhorias trabalhistas como reposição salarial; subsídios; implantação dos PCCV´s das categorias,  e que seguem em negociação com o Governo do Estado.

adepol1 adepol2 adepol3

NOTA PÚBLICA SINTRASE – SEED DIVULGA INFORMAÇÃO EQUIVOCADA SOBRE GREVE DOS SERVIDORES

Previous article

Perto de completar dois meses, greve dos servidores segue por tempo indeterminado

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.