Notícias em destaque

NOTA SINTRASE – Greve da Administração Geral completa 10 dias

0

O SINTRASE vem, através desta nota, esclarecer alguns pontos sobre as mobilizações  e a greve dos servidores da Administração Geral:

1 – A equipe diretiva do SINTRASE, desde o reinício da greve – na última quarta, 8 – vem percorrendo vários pontos de trabalho dos servidores; em especial, da rede estadual de ensino. Muitas escolas estaduais em Aracaju foram as primeiras visitadas pela comissão de frente da greve ainda na semana passada, por causa da proximidade. Vale ressaltar que esta comissão de frente é formada por membros da direção do sindicato, que começaram a fazer, desde a última segunda (13), as visitações pelo interior do estado. O calendário de mobilizações do SINTRASE prevê ainda mais visitas por diversos municípios durante a próxima semana. Japaratuba, Barra dos Coqueiros, Estância, Nossa Senhora da Glória, Canindé do São Francisco, Umbaúba, Monte Alegre, Poço Redondo, Salgado, Lagarto,  Boquim, Riachão do Dantas, entre outras cidades, receberam a comissão de greve nos últimos dias;

2 – O motivo principal do trabalho desenvolvido pela comissão de frente  é o de esclarecer o servidor sobre a retomada da paralisação e divulgar os seus direitos durante o movimento paredista. Conforme foi apurado pelo SINTRASE, neste momento, este tipo de mobilização se tornou a mais urgente e necessária, levando em conta que o sindicato vem recebendo diversas denúncias de servidores que estão sofrendo ameaças de diretores de escolas sobre corte de ponto, principalmente dos locais mais afastados da sede do sindicato. Por isso, o SINTRASE está trabalhando atualmente com o processo de conscientização da base, indo de escola em escola, principalmente nas regiões mais isoladas do estado, para fortalecer a categoria e esclarecer sobre os direitos do servidor, para que ele não tenha qualquer receio ao aderir à paralisação;

 

3 – O sindicato reitera ainda que não há qualquer ‘racha’ ou problema interno no sindicato, como foi especulado/divulgado dias atrás também pelo Governo. O SINTRASE continua na luta pelo PCCV reajustado e a decisão, a priori, de trabalhar visitando escolas, foi tomada em comum acordo com a direção, levando em conta pedidos de servidores para que a equipe do SINTRASE comparecesse ao interior. O que está acontecendo no momento é que grande parte da categoria – e com toda razão – não está satisfeita com a implementação do PCCV de forma defasada e, por isso, a greve foi retomada para dar continuidade à luta  pelo reajuste da tabela salarial;

4 – Sobre as declarações feitas pelo Governador Jackson Barreto na manhã da última quarta (15), sobre a nova gestão do SINTRASE e sua forma “não tão fácil” de negociar, o presidente Diego Araujo acredita que as afirmações de JB só confirmam que a nova condução e política do sindicato são coerentes e seguem corretas, pois é dever de qualquer entidade sindical priorizar a luta junto à categoria por melhorias, e esta postura certamente desagrada o Estado. E esta luta, é importante frisar,  que traz a principal pauta o PCCV, tem ganhado notoriedade e bastante força desde 2015, com maior participação dos servidores e visibilidade irrestrita da imprensa em geral, fato este que foi evidenciado pelo próprio governador quando anunciou o pagamento dos Planos para diversas categorias, no início deste mês;

5 – Para finalizar, um ato após o processo de esclarecimento e fortalecimento dos servidores será realizado pelo SINTRASE, com data a ser definida nos próximos dias. Quanto às negociações com o Governo, o sindicato informa que um ofício solicitando uma audiência já foi enviado no início desta semana à Casa Civil.

Informações  atualizadas sobre reuniões, atos e assembleias são e serão publicadas nos canais oficiais do SINTRASE, que são o facebook e o site do sindicato.

Esta paralisação, que começou em 8 de junho, agrega todos os servidores da Administração Geral e segue por tempo indeterminado.

10 dias

É HORA DE MOBILIZAR! ‪Comissão de greve visita escolas na capital e interior

Previous article

Ato pela Democracia acontece nesta sexta, 17

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.