Últimas Notícias

NOTA DE REPÚDIO – SALÁRIO SEM REAJUSTE E CORTE DE GRATIFICAÇÕES EM NOSSA SENHORA DAS DORES

0

O SINTRASE repudia mais uma ação de desrespeito praticada pelo prefeito de Nossa Senhora das Dores, Dr. Thiago (PMDB), contra os servidores do município, que receberam os salários referentes a janeiro com valores defasados, desobedecendo ao reajuste do salário mínimo vigente – que passou a ser R$937,00 em 2017. Além disso, o sindicato apurou que o prefeito não honrou com a continuidade do pagamento de diversas gratificações, cortando, sem qualquer explicação, vários adicionais dos contracheques de diversos pais e mães de família neste mesmo mês, como os referentes à insalubridade, periculosidade, entre outros complementos salariais.

Desde o início desta gestão os servidores do município vêm amargando situações de verdadeiro retrocesso, com perdas de direitos trabalhistas resultantes da revogação de leis que regiam o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) e os Condutores de Ambulância. Concursados e nomeados em certame municipal também foram impedidos, a pedido de Dr. Thiago na justiça, de tomar posse em seus cargos. Dessa forma, as funções estão sendo realizadas pelos contratados pela prefeitura.

O SINTRASE está atento a todas estas demandas que, em pouco mais de um mês da nova gestão, prejudicou diversos servidores. Através de medidas tomadas sem nenhuma tentativa de diálogo aberto e franco com as categorias ou com o sindicato, a prefeitura de Nossa Senhora das Dores aplica um verdadeiro GOLPE contra os trabalhadores do município.

O sindicato já está tomando as medidas cabíveis junto à assessoria jurídica da instituição e tão logo apresente novidades, divulgará em seus canais de comunicação.

NOTA DE REPUDIO

contra modf 1 (1)

SINTRASE inicia ajuizamento de ações de adicional de insalubridade

Previous article

CTB: Toda solidariedade à família do presidente Lula

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.