Últimas Notícias

CTB convida auditores para o Dia Nacional de Luta

0

22_118

22_116

22_121

22_119

padreInaldo_1

22_16

Na solenidade de abertura da Confraternização do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco), as lideranças da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB/SE) convidaram os auditores e auditoras de tributos para participar das manifestações locais alusivas ao Dia Nacional de Luta e Mobilização, dia 28.

Realizada anualmente no mês janeiro, a Confraternização do Fisco celebrou o Dia Nacional do Auditor, Dia Nacional dos Aposentados e os 26 anos do Sindifisco. A festa aconteceu na noite desta sexta-feira, dia 22, no Espaço Multieventos.

Ao lado do presidente do Sindifisco, Paulo Pedroza, os representantes da CTB/SE, Edval Gois (presidente) e Waldir Rodrigues, (vice-presidente) informaram que em Aracaju o Dia Nacional de Luta será realizado no Calçadão João Pessoa, próximo a Praça General Valadão, na próxima quarta-feira, dia 28, a partir das 08h.

“Em todo o País, no dia 28, a classe trabalhadora estará protestando contra a atitude antidemocrática da presidenta Dilma Russeff pela edição das Medidas Provisórias (MPs) que retiram direitos históricos como o seguro-desemprego e pensão por morte. Não podemos aceitar esses retrocessos. Vamos ao ato demostrar unidade. As centrais estarão entrando com ação na Justiça contra as MPs e estarão nas ruas para manter os direitos dos trabalhadores”, afirma Edval Gois.

Waldir Rodrigues saudou os auditores e auditoras pela passagem dos 26 anos. De acordo com o cetebista, os sindicatos sergipanos reconhecem a luta que garantiu as conquistas do Fisco. “A luta e as conquistas de vocês são dignas de aplausos, parabéns”, afirmou Rodrigues. Também esteve presente no evento o deputado estadual, padre Inaldo (PC do B). O deputado deixou mensagem de apoio e se colocou à disposição do Fisco para ajudar nas negociações com o governo estadual, com relação as lutas em defesa dos direitos da categoria

Paulo Pedroza destacou que  na entrada de 2015, “o Fisco e os servidores públicos enfrentaram à reforma administrativa do governo estadual para impedir retrocessos a direitos conquistados. O nosso sindicato não vai abrir mão desses direitos. Se o governo não assumir os compromissos de reverter prejuízos, companheiros teremos de ir à luta”, afirmou Pedroza.

O diretor Administrativo do Sindifisco, Abílio Castanheira disse que a confraternização não se resume em festa. “Seguindo a tradição do Sindifisco, utilizamos essa data para lembrar a todos os sindicalizados e sindicalizadas que uma nova luta se avizinha. Agora a luta é pelo subsídio salarial. Temos de garantir que os direitos conquistados ao longo desses 26 anos não retroajam. Temos ainda de avançar na sedimentação do nosso Plano de Carreira. O ano de 2015 será um marco”, destaca Castanheira.

Por Déa Jacobina

CTB e Sintrase participam do Ato dos Precatórios

Previous article

SINTRASE em ação: Pedrinhas!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.