SINTRASE na Greve Geral: Sindicatos fazem protesto na sede do INSS e fecham lojas do centro de Aracaju

SINTRASE, CTB-SE e trabalhadores e trabalhadoras de diversas categorias protestaram no início da manhã desta terça, 5,  contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo Temer. A mobilização teve concentração na sede do INSS e fez parte da programação da Greve Geral, que começou ainda na madrugada com o fechamento de vias e das garagens dos ônibus que fazem o transporte urbano na capital e grande Aracaju.

Todo o sistema rodoviário ficou paralisado, grande parte em virtude da adesão dos funcionários das empresas de transporte coletivo ao movimento.

Da concentração na agência do INSS, os trabalhadores seguiram para as ruas do centro da cidade. Os participantes  da paralisação dialogaram com os donos de lojas que insistiram em ‘furar’ a greve. “É uma forma de garantir que os trabalhadores possam usufruir do seu direito de greve. Os comerciantes estão preocupados com seus lucros, mas é a classe trabalhadora que precisa ser priorizada diante do caos que se instalou no país com as reformas trabalhistas e a da previdência”, declarou Diego, presidente do Sintrase.

Os manifestantes conseguiram paralisar as atividades das poucas lojas que teimaram em descumprir a pauta da paralisação. “Foi uma caminhada pelo comércio realizada de forma pacífica, mas que tentou conscientizar e mostrar a verdadeira força do trabalhador. Quando queremos parar, nós temos força para isso”, completou.

O estado de mobilização e alerta deve permanecer até final de dezembro, já que a previsão do governo é de que a reforma seja votada antes do encerramento do exercício do Legislativo. Até lá, uma nova paralisação dos trabalhadores poderá ocorrer. As definições serão finalizadas e, caso tenham informações para a uma próxima greve, elas serão divulgadas nos próximos dias.

 

 

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site