SINTRASE aciona justiça para cobrar pagamento de salários em Graccho

Com parte dos salários (de setembro) dos servidores atrasados, o SINTRASE voltou a cobrar do prefeito de Graccho Cardoso, José Nicarcio de Aragão, o cumprimento do acordo firmado com o sindicato, no final de 2016, que prevê o pagamento da categoria em dia.

O sindicato à época havia ajuizado uma ação civil pública, que foi admitida pela justiça e pelo Ministério Público Estadual, para que os pagamentos das remunerações fossem realizados até o 5º dia útil ou, quando houvesse pagamento de precatórios, até o 10º dia do mês subsequente. “O combinado vinha sido cumprido durante todo o ano, mas no mês passado nem todos os servidores receberam os salários na data estimada, o que provocou um atraso de quase um mês e nos levou a acionar novamente a justiça”, declarou o presidente, Diego Araújo. No último dia 7, a equipe do sindicato realizou uma assembleia com os servidores do município para discutir a situação.

O dirigente afirmou que através da assessoria jurídica, o SINTRASE pleiteou a execução deste mesmo acordo, no último dia 22 de outubro, para sanar os atrasos dos salários. De acordo com o jurídico da entidade, a decisão do juiz Raphael Silva Reis foi favorável ao sindicato e aos servidores, que deliberou o cumprimento do acordo no prazo de 15 dias e advertiu uma multa diária caso haja desrespeito à decisão. Há também a possibilidade de haver bloqueio das contas do município, como prevê a cláusula penal no acordo.

 

 

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site