Sintrase e prefeitura de Siriri negociam incentivo adicional para os agentes de saúde e endemias

Por intermediação do SINTRASE, na próxima terça, dia 29, a secretária de saúde de Siriri, Daiane Santos, iniciará o diálogo sobre a elaboração de uma lei municipal que implemente o incentivo adicional para os agentes comunitários de saúde (ACS) e de combate a endemias (ACE), mais conhecido como ‘14º salário’. Essa discussão, que faz parte do rol de cobranças do sindicato desde o início das negociações com a atual gestão, será apresentada à procuradora do município, Marianna Montalvão.

“Além do ganho do retroativo do Plano de Carreira, a implantação da lei do ‘14º salário’ está sendo discutida ao longo dos encontros com a prefeitura desde o começo do ano. Conseguimos avançar em junho e agosto com o pagamento do Plano e seu retroativo, e vamos agora dar encaminhamento à possibilidade de criação desta lei em Siriri, que já é implantada em outros municípios do estado”, explicou a dirigente sindical, Marleide Vieira. A diretora realiza há meses na região e em Pinhão e Nossa Senhora das Dores um trabalho de campo junto à categoria e faz a coleta de reivindicações dos servidores. “O incentivo sempre é questionado nas visitas aos locais de trabalho”, declarou.

O ‘14º salário’ é o nome popularmente dado a um abono pecuniário pago por algumas prefeituras à categoria como uma gratificação anual. O incentivo é repassado pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos municípios e contempla os servidores que se encaixam como agentes de saúde e endemias do município de Siriri.

 

(Foto: Imagem da internet)

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site